São Paulo: Debate homenageia centenário de Nelson Mandela

0

Fundação Nelson Mandela

Com informações do SESC

Em homenagem ao centenário de nascimento de Mandela (18 de julho), será realizado, em São Paulo, um ciclo de palestras com especialistas. O evento ocorrerá simultaneamente ao lançamento internacional do livro “Nelson Mandela: Cartas da Prisão”, que reúne cartas inéditas escritas pelo ex-presidente da África do Sul durante os 27 anos de seu encarceramento.

Leia o especial Por dentro da África sobre Nelson Mandela

Confira a programação:

10/9 – das 15h30 às 17h30 – Contexto sul-africano nas décadas de 1950-1960: o Partido Comunista

O processo que conduziu à estruturação do regime do Apartheid na África do Sul foi acompanhado pela luta antirracista. Apesar dos anos 1960 representarem um período de mudanças substanciais no espaço africano, a partir do grande número de independências e da ampla condenação ao regime do Apartheid, as democracias ocidentais não pretendiam auxiliar os movimentos de libertação da África do Sul. Entretanto, o Congresso Nacional Africano (CNA) tinha um grande aliado, o Partido Comunista Sul-Africano que ofereceu a base do pensamento revolucionário (teórico, tático e estratégico), e o auxiliou em uma aproximação com a União Soviética e com os demais países socialistas.

Com Analúcia Danilevicz Pereira, doutora em História/UFRGS, Professora de Relações Internacionais e dos Programas de Pós-Graduação em Estudos Estratégicos Internacionais e Ciência Política/UFRGS. Coordenadora do Centro Brasileiro de Estudos Africanos – CEBRAFRICA/UFRGS.

Dia 12/9 –  das 10h30 às 12h30 – Mandela, o homem

Palestra baseada na tese de doutorado de Luiz Caldeira, na qual focaliza o discurso narrativo em primeira pessoa de Nelson Mandela, principalmente no que diz respeito à sua desconstrução do mito.

Com Luiz Caldeira, mestre e doutor em Linguística do Texto e do Discurso pela Universidade Federal de Minas Gerais.

Dia 21/9 –  das 15h30 às 17h30 – Direitos Humanos na África do Sul durante o Apartheid

A palestra tem o intuito de realizar uma análise acerca da maneira que os direitos humanos eram entendidos e tratados no decorrer do regime do Apartheid, de modo a atribuir um caráter histórico a tais conceitos e a sua sistemática violação desde a implementação do Apartheid  até o período de transição para a democracia e na formação de uma nova sociedade. Para tal partiremos da atual sociedade sul-africana refletindo acerca de sua inserção dentro de uma economia globalizada e como o Congresso Nacional Africano (ANC) buscou romper com o regime de segregação.

Com Danilo Fonseca, doutor em História Social pela PUC, com Mestrado, bacharelado e licenciatura em História pela PUC-SP e bacharelado em Ciências Sociais pela USP. Atualmente é professor da UNICENTRO. Também é coordenador do Núcleo de Estudos Étnico Raciais (NEER).

SERVIÇO: 
Preço: R$ 50,00 (inteira); R$ 25,00 (aposentado, pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública); R$ 15,00 (trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo credenciado no Sesc e dependentes).
Inscrições pelo email – centrodepesquisaeformacao@sescsp.org.br.
Endereço: Rua Dr. Plínio Barreto, 285 – 4º andar
São Paulo


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here