Rio de Janeiro: Mostra faz homenagem ao cineasta Idrissa Ouedraogo

0
  •  
  •  

36963877_10156580528541563_7000408801098596352_nEm 17 de Julho, o Cinemaison, no Rio de Janeiro, realizará uma sessão em homenagem ao cineasta burkinabé Idrissa Ouedraogo, falecido no em fevereiro deste ano. Ouedraogo, um dos mais importantes importantes cineastas do continente africano, deixou uma obra considerável e viria ao Brasil no primeiro semestre deste ano para um ciclo de homenagens organizados pelo FICINE e a Embaixada da França.

Neste tributo, haverá projeção de dois filmes do realizador: o curta-metragem “As Cuias” (1983) e o longa “Tilaï” (1990), além de trechos de entrevista inédita realizada com o cineasta em 2014 por Janaína Oliveira e Janaína Damaceno, coordenadoras do FICINE.

*As Cuias (Idrissa Ouedraogo, Burkina Faso, França 1983)

Sinopse: Em Burkina-Faso, em um vilarejo Mossi, dois velhos homens fabricam suas ferramentas tradicionais em madeira, utilizadas para as necessidades da vida diária, com paciência e habilidade.

*Tilaï (Idrissa Ouedraogo, Burkina Fasso, França 1990, 81 min)

Sinopse: Saga volta a aldeia depois de uma ausência de dois anos. Muitas coisas mudaram. Sua noiva Nogma é agora a segunda esposa de seu pai, mas Saga e Nogma ainda se amam. Transgredindo as leis, os dois jovens têm um caso. Kougri, seu próprio irmão, é designado para matá-lo, mas deixa o irmão escapar e Saga refugia-se junto a uma tia, onde Nogma vai viver com ele.

Serviço:
Dia 17/07 – às 19h
Avenida Presidente Antônio Carlos, 58, Rio de Janeiro
O debate após a sessão será conduzido pela pesquisadora e curadora Janaína Oliveira (FICINE).
Saiba mais aqui


  •  
  •