Rio de Janeiro: Exposição destaca cultura da Martinica

0

Exposição de Edu Momteiro – Costas de Vidro

A partir do dia 30 de julho, a exposição Costas de Vidro estará em cartaz no Cosme Velho, Rio de Janeiro. O trabalho do fotógrafo Edu Monteiro é o resultado de quatro anos de investigações sobre aspectos culturais da Martinica, no Caribe.

Costas de Vidro é uma expressão utilizada pelos lutadores da Ladja – uma dança de combate praticada exclusivamente na ilha da Martinica, que lembra bastante a capoeira em alguns aspectos. O principal fundamento desta luta é o “ou wè`y ou pa wè`y” expressão em crioulo que significa: “vê mas não vê” e se refere à capacidade ilusionista dos golpes desta arte, que impossibilita a percepção visual do oponente diante do ataque – transformando o visível em invisível através do corpo.

Edu Monteiro é fotógrafo, pesquisador e doutorando em Artes pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ, mestre em Ciência da Arte pela Universidade Federal Fluminense – UFF (2013).

Martinica possui cerca de 500 mil habitantes. O país tem fronteiras marítimas com Dominica e Santa Lúcia. A região foi ocupada pela França a partir de 1635. Em 1660, os índios nativos da ilha foram deportados pelos franceses, no episódio que ficou conhecido como expulsão Caribenha.

Serviço: 

Costas de Vidro – exposição de fotografias de Edu Monteiro
Curadoria: Roberto Conduru
Z42 Arte – Rua Filinto de Almeida, 42 – Cosme Velho. Rio de Janeiro – RJ
Data de abertura: 30 de julho de 2018 – 19 horas