Paraná: Universidade abre seleção para refugiados

0

 

Mulheres e homens refugiados e migrantes no Brasil. Foto: ACNUR/Victoria Hugueney

Com informações da ONU

Em Foz do Iguaçu, no Paraná, a Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA) abriu um processo seletivo para refugiados e portadores de visto humanitário. A instituição oferece 29 vagas, uma em cada curso de graduação, para ingresso no ano letivo de 2019. As inscrições estão abertas até o dia 19 de agosto e devem ser realizadas por meio de formulário eletrônico. Para ler o edital e conferir outras informações sobre a seleção, acessE AQUI.

Podem participar candidatos de qualquer nacionalidade, que tenham status de refugiado, sejam solicitantes de refúgio ou portadores de visto humanitário reconhecido no Brasil. O edital também pede que o candidato tenha concluído o ensino médio, não possua vínculo ativo com a UNILA e tenha, no mínimo, 18 anos até 15 de fevereiro de 2019. A universidade exige ainda que os candidatos morem há mais de seis meses no Brasil ou apresentem certificado de proficiência em língua portuguesa.

No momento da inscrição, é necessário anexar, em formato PDF, os documentos pessoais e escolares solicitados pelo edital. O candidato poderá escolher, em ordem de preferência, três opções de curso. De acordo com o cronograma, a primeira chamada será publicada no dia 2 de outubro. Os classificados nessa etapa terão de 2 a 8 de outubro para confirmar o interesse na vaga.

Todos os estudantes selecionados por este edital deverão estar em Foz do Iguaçu em fevereiro de 2019 para os procedimentos de matrícula. A previsão é de que as aulas tenham início em março de 2019. A data será divulgada posteriormente, no calendário acadêmico da UNILA.

Após serem convocados e matriculados, os refugiados e portadores de visto humanitário poderão solicitar os auxílios estudantis do Programa de Assistência Estudantil da UNILA. O quantitativo de vagas para os auxílios de moradia, alimentação e transporte dependerá da disponibilidade orçamentária da universidade para o próximo ano.

Para mais informações sobre a seleção de refugiados e portadores de visto humanitário, entre em contato pelo e-mail.