Los Angeles recebe exposição “Direito à Vida: Histórias sem fronteiras “

0
  •  
  •  

Meninos da etnia Massai no Quênia – Foto: Virgínia Maria Yunes

Por dentro da África

Do dia 17 de abril ao dia 2 de maio, a Stay Gallery, em Los Angeles (EUA), receberá a exposição fotográfica Direito à Vida: Histórias sem fronteiras, que abordará particularidades de muitas culturas e modos de vida. Os registros da fotógrafa Virgínia Maria Yunes, que já visitou 50 países, partem da América do Sul até os desertos da África.

– Neste mundo, tantas vezes intolerante,  busco abrir olhares para a diversidade cultural tentando destruir estigmas, transcender fronteiras para o autêntico encontro com o homem na sua totalidade. A busca por experiências, aliada a minha câmara fotográfica, foi o que sempre me impulsionou e me levou para tantos lugares,  aproximando-me de pessoas distantes e diferentes de mim – disse a argentina que cresceu no Brasil.

Ilé Ifê- Niigeria – Foto: Virgínia Maria Yunes

Com um olhar poético, livre de fronteiras ou muros políticos, físicos ou ideológicos, Virgínia habita há mais de 20 anos diferentes lugares. Licenciada em Farmácia (UFSC) e Artes Plásticas (UDESC), com ampla experiência em fotografia e docência universitária, realiza doutorado em Artes Visuais (UDESC).

A condição de imigrante da fotógrafa despertou nela o interesse pela diversidade cultural e étnica. Comprometida com os missionários católicos decidiu fazer voluntariado em vários países. Viveu um ano na Amazônia, dois na Guiné Bissau, passou temporadas no México, Uganda e outros lugares.

Virgínia no ritual de iniciação da Guiné-Bissau

Depoimento: A exposição “Direito à Vida: Histórias sem Fronteiras” divide seu olhar com o público e nos permite percorrer lugares e culturas que preservam “o direito à vida”. (Célia Antonacci)

 Para saber mais sobre a exposição, clique aqui 

Por dentro da África


  •  
  •