História: Lisboa realizará conferência sobre o Reino do Kongo

0
  •  
  •  

Kulumbimbi – Foto: Natalia da Luz

Por dentro da África

Rio – Nesta quarta-feira, a Sala do Brasil em Lisboa realizará a conferência De São Salvador a Mbanza Kongo: Trajetória e múltiplas concepções de Kulumbimbi enquanto lugar significante. No encontro, Bruno Pastre Máximo, que pesquisa a cidade de Mbanza Kongo, abordará o lugar Kulumbimbi como possuidor de múltiplos significados simultâneos para diferentes grupos religiosos, evidenciando como estes significados interagiram e interagem com a materialidade do lugar.

Na atual cidade de Mbanza Kongo (Angola), a estrutura da antiga Catedral de São Salvador se mantém na superfície como uma das principais testemunhas materiais do Reino do Kongo, compondo o lugar chamado de Kulumbimbi. Por que, de uma cidade de mais de 40.000 habitantes, contendo diversas construções em pedra, como palácios, casas e muralhas, somente esta estrutura se mantém de pé durante estes últimos cinco séculos?

O encontro abordará de forma preliminar a trajetória de “vida” do lugar durante os séculos XVI-XXI, mas tendo como foco principal as transformações culturais baseadas nas recentes interpretações colhidas em trabalho de campo e arquivo, nos meses de agosto e setembro de 2014.

Bruno Pastre Máximo é historiador pela Universidade Estadual de Campinas, e realiza Mestrado em Arqueologia pelo Museu de Arqueologia e Etnografia da Universidade de São Paulo sobre a cidade de Mbanza Kongo, com bolsa CNPq.

Sala do Brasil (AHU), Calçada da Boa-Hora, no 30, Lisboa Informações: ahu@iict.pt tel.: 213616330


  •  
  •