Danças afro-brasileiras ganham destaque em evento no Rio de Janeiro

0

25591636_1739139382812220_6520401401025265005_nNo próximo sábado, dia 20 de janeiro, o Cais do Valongo sediará a tradicional roda do Tambor de Cumba, grupo de estudos que tem como objetivo promover as tradições culturais de matriz africana por meio de oficinas, palestras, rodas, vivências e espetáculos.

Saiba mais – “O Valongo foi o maior ponto de desembarque de africanos escravizados”, diz Milton Guran

Considerado o maior ponto de comércio de escravos do mundo, o Rio de Janeiro abriga uma região chamada de Pequena África por abranger inúmeros aspectos da cultura africana, trazida durante a travessia de mais de 300 anos de tráfico transatlântico. Apenas no século 19, desembarcaram mais de 500 mil africanos escravizados no Cais do Valong

Serviço:

Cais do Valongo, centro da cidade do Rio de Janeiro

:: 17:00 :: Capoeira e Maculelê com Grupo Besouro
:: 18:30 :: Jongo com Tambor de Cumba
:: 19:30 :: Coco com Tambor de Cumba
:: 20:15 :: Samba de Roda com Tambor de Cumba
:: 21:00 :: Encerramento

Saiba mais aqui

 


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here