África em Verso: “Amílcar Cabral: um líder verdadeiro”

0
  •  
  •  

Amílcar Cabral – Foto: Fundação Amílcar Cabral

Por Mavenda Nuni ya Áfrika

Por dentro da África 

Este aniversário não é meu, é dele,

Somos fruto dele.

Líder que ensinou a disciplina em frente.

Cabral é um grande líder.

Guiné –Bissau é patriótico demais…

Sendo poeta, eis o meu poetar:

De Bafatá a Angola, no ensinamento dos fracos!

Sim, tornou-se ancestral e os irãs confirmam.

Amílcar, o homem da engenharia social, sim.

O mais falado na “lusofonia tuguesa”.

Bato pala sem vergonha…

Eis a revolução poética socialista… Sem cunho político.

Os políticos não seguem os seus princípios, líder Cabral…

Seus frutos na nova geração estão em dúvida.

Só lembro das amizades seculares do povo.

Parapoetando-lhe: “As crianças são as flores do mundo”.

Abo ika tchiga mais.

E nós iremos na sua poesia ensinando a pensar Áfrika.

Era bem o seu sonho, Tata Cabral!

Floresçam a vossa amizade com Savimbi, Holden e Agostinho Neto.

Na casa do império em Lisboa, planearam o futuro da libertação do povo.

Ah, que tempo! Marcelino dos Santos bem lá estava convosco.

Ao povo guineense o meu kandando.

Amílcar Lopes Cabral (falecido em 1973) foi um político, agrônomo e teórico marxista da Guiné-Bissau e de Cabo Verde

Setembro de 2014, em homenagem ao Amílcar CABRAL

Mavenda Nuni ya Áfrika (Gabriel Ambrósio)

Por dentro da África 

 


  •  
  •