Ciclo online debate 60 anos de ‘Quarto de Despejo’, de Carolina Maria de Jesus

0
  •  
  •  

Carolina Maria de Jesus, em São Paulo, 1961 (Divulgação)

Com informações do SESC

O Centro de Pesquisa e Formação do Sesc realiza, de 4 a 11 de setembro, o Ciclo Carolina Maria de Jesus: 60 anos de “Quarto de Despejo”. Totalmente online, o ciclo abre inscrições no dia 31 de agosto, a partir das 14h, no site da unidade. As vagas são limitadas.

Este ciclo de debates discute aspectos variados e sensíveis do livro “Quarto de despejo – diário de uma favelada”, de Carolina Maria de Jesus, que está completando 60 anos de publicação. Entre os palestrantes estão a professora de Língua Portuguesa Vera Eunice, filha caçula de Carolina Maria de Jesus; Conceição Evaristo, poeta, contista e romancista; Bruna Cassiano, mestre em Literatura e Cultura pela UFBA; entre outros.

A atividade faz parte da ação em Do 13 ao 20: (Re)Existência do povo negro, do Sesc São Paulo. Confira esse e outros cursos on-line em sescsp.org.br/cpf.

Programação:

Dia 4/9 – 60 anos de Quarto de despejo: presente e futuro

Com Vera Eunice, professora de Língua Portuguesa da rede pública de ensino. Filha caçula de Carolina Maria de Jesus, é a responsável pelo acervo da autora depositado na Biblioteca Nacional e supervisiona o Conselho Editorial responsável pela publicação da obra inédita de Carolina Maria de Jesus na editora Cia das Letras.

Com Fernanda Felisberto, professora de Letras da UFRRJ. Doutora pelo Programa de Literatura Comparada da UERJ. Pesquisadora das narrativas de mulheres negras e presença da autoria negra no mercado editorial brasileiro.

Dia 7/9 – Escrita e subjetividade, vida e performance

Com Bruna Cassiano, mestre em Literatura e Cultura pela UFBA, onde desenvolveu e defendeu recentemente a dissertação de título “Tragar no corpo, verter em palavras: a escrita da solidão de Carolina Maria de Jesus em Quarto de despejo”.

Com Fernanda Sousa , doutoranda pela USP.

Dia 8/9 – Corpo e cidade na escrita de Carolina Maria de Jesus

Com Mário A. M. Silva, professor de Sociologia da Unicamp. Mestre e doutor em Sociologia pela Unicamp. Autor de “A descoberta do insólito: literatura negra e literatura marginal no Brasil (1960-2000)”.

Com Gabriela Gaia, professora da Faculdade de Arquitetura da UFBA, é arquiteta e urbanista formada pela UFES. Mestre e doutora pela UFBA. Seus trabalhos versam sobre as narrativas, histórias, memórias e epistemologias produzidas sobre a cidade e seus apagamentos, aproximando-os do debate étnico-racial e de gênero.

Dia 9/10. O desafio de traduzir: mediação, reescritura e criação

Com Raquel Alves, doutoranda em Estudos da Tradução pelo Departamento de Letras Modernas – USP. Defendeu sua dissertação intitulada “Do exotismo à denúncia social: sobre a recepção de Quarto de Despejo, de Carolina Maria de Jesus, na Alemanha”.

Com Jess Oliveira, tradutora, crítica literária, editora e poeta. Mestra em Estudos da Tradução pela UFSC. É professora visitante do Departamento de Espanhol e Português no Colorado College e doutoranda em Literatura e Cultura pela UFBA.

Dia 10/9 – Manuscritos e novas visitações

Com Sérgio Barcellos, pesquisador independente no campo de narrativas autobiográficas. Mestre e doutor em Estudos de Literatura pela PUC-Rio. Membro fundador da IABA-Américas (International Auto/Biography Association) e integra o conselho editorial do periódico Life Writting Annual.

Com Verônica Sousa, licenciada, bacharel e mestre em Letras pela UFBA. Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Língua e Cultura – UFBA. Membro da Academia de Letras de Porto Seguro e da Organização Universal Zulu Nation (NY).

Dia 11/9 – A tradição literária de Carolina Maria de Jesus

Com Conceição Evaristo, poeta, contista e romancista. Bacharela em Letras pela UFRJ, mestra em Literatura Brasileira pela PUC-RJ e doutora em Literatura Comparada UFF. Participou de diversas antologias nacionais e internacionais e possui obras premiadas e traduções para várias línguas, é um dos maiores expoentes da literatura brasileira.

Com Fernanda Miranda, bacharela, mestra e doutora em Letras pela USP onde neste momento desenvolve pesquisa de pós-doutorado. Compõe o conselho editorial responsável pela publicação da obra completa de Carolina Maria de Jesus pela Cia das Letras.


  •  
  •