África em verso: “O ouro da minha terra”, por Celina Sheila

1
  •  
  •  

Miner in Mozambique
Gold Miner, Mozambique Photograph by Robin Hammond, Panos

Por Celina Sheila, de Moçambique

A minha terra tem ouro que ninguém vê

A minha terra produz mais ninguém tem

Não olhas na tua terra

Queres pertencer a outra terra

Roubam o ouro do teu suor

Carregam para o outro lado.

Descobriram o ouro escondido,

mas tu não consegues ver o que está ao teu lado.

Vives na tua terra carregado de cegueira,

Procuras o ouro fora do país

enquanto o outro carrega o teu ouro para fora.

Vives reclamando da vida,

mas a tua riqueza existe no teu olhar.

És escravizado na tua própria inteligência,

és rico, mas vives na maior pobreza.

Destinado a enriquecer, mas pela cegueira vive.

És um preso que não luta pela liberdade…

Carregam o precioso ao teu lado

O ouro tem um valor,

ele brilha na maior riqueza

É tempo de acordar,

é tempo de colher,

é tempo que lutar.

O teu ouro existe dentro de si.

Celina Sheila

celina


  •  
  •  

1 COMENTÁRIO