África em Verso em homenagem ao Dia da Mulher Moçambicana

0
  •  
  •  

Moçambique – Foto de Antoniela Rodrigues

Marisa

Por Morgado Mbalate, poeta moçambicano

(Em homenagem ao Dia da Mulher Moçambicana, comemorado no dia 7 de abril)

Teus olhos são joias raras da cor da chuva.

Teus cabelos são rios correndo no leito do vento.

Teu beijo bom é mel puro da colmeia que se estende em alto mar.

Teus seios são pêssegos deliciosos tombados no chão da lua.

Tua alma é árvore plantada para além do chão do horizonte.

Em tudo que faz é bem-sucedida.

Minha sina são os teus lábios suaves semelhantes aos anjos serenos dos céus.

Teu corpo é fruto amadurecido pela utopia divina.

Por ti sinto sensações desconhecidas e vontades invensíveis.

Dócil semblante puro da natureza tu és.

O teu perfume me passarinha.

No chão da tua boca correm todo os rios do mundo.

Morgado Mbalate

Por dentro da África

 


  •  
  •