Sudão do Sul: agentes de saúde tentam combater doenças durante o período das chuvas

0
  •  
  •  

Foto: ONU

Com informações da ONU

Rio – Em abril deste ano, mais de 20 crianças morriam a cada semana de malária, diarreia e pneumonia no campo das Nações Unidas em Bentiu, no Sudão do Sul. Os cuidados oferecidos por agências humanitárias ajudaram a reduzir esse número pela metade. Entretanto, conforme a estação chuvosa se aproxima, o risco de contrair essas doenças fica cada vez maior.

“Neste período, vemos um incremento nas doenças, especialmente as diarreicas, o que agrava a desnutrição. Com o deslocamento, as famílias não são capazes de administrar a sua alimentação. Então, esse quadro de escassez de alimentos acaba sendo prolongado”, disse um especialista do UNICEF.

Voluntários e agentes de saúde procuram educar a comunidade sobre como evitar a desnutrição e manter as crianças saudáveis durante o período das chuvas. “Agora, nós estamos prontos para oferecer 17 litros de água por pessoa por dia, o que significa um enorme avanço nos últimos dois meses. Em relação ao saneamento básico, nós podemos providenciar uma latrina para grupo de 70 pessoas. Ainda é pouco, mas estameos tentando atingir uma população maior.”

Veja o vídeo aqui 

Com informações da ONU


  •  
  •