Projeto estimula integração digital entre Gabão e Congo

0
  •  
  •  

cg-congo-gabon-toward-regional-digital-integration-feature-780x439
Foto na República do Congo – Franck Bitemo, Banco Mundial

Com informações do Banco Mundial

Lançado em abril de 2007 pelos países da Comunidade Econômica e Monetária da África Central (CEMAC), o projeto Central African Backbone (CAB) tem como objetivo aumentar a capacidade e velocidade de conexão digital entre os países do grupo, a partir de uma melhor infraestrutura de fibra óptica.

A primeira fase deste projeto foi lançada na República do Congo em julho de 2011. Na ocasião, foi construído um cabo de 504 quilômetros entre a estação de pouso de Matombi (da cidade oceânica de Pointe-Noire) e a estação de pouso na fronteira em Mbinda. A segunda fase envolve a construção de duas novas redes de fibra ótica no norte do país, a fim de conectar a rede congolesa às redes camaronesas e centro-africanas até 2020.  A terceira fase tem a proposta de criar um fundo de desenvolvimento da economia digital destinado a financiar o desenvolvimento de start-ups e a criação de empregos neste setor.

“Estudos realizados no continente africano, particularmente pelo Banco Mundial em 2010, provam que um aumento de 10% no número de conexões de internet de alta velocidade, aumenta o crescimento econômico de 1,3%”, disse Jérôme Bezzina, líder da equipe de tarefas do Banco Mundial e especialista em telecomunicações.

Logo após a instalação da rede de fibra ótica, o projeto CAB também equipou a universidade pública com ferramentas de software e interligou os 11 estabelecimentos de ensino superior em Brazzaville, República do Congo. Os estudantes esperam agora que a operadora nacional de telecomunicações, a Congo-Telecom, ative a Internet de alta velocidade para se beneficiar totalmente do novo ambiente tecnológico que está à sua disposição.

 


  •  
  •