OMS autoriza uso de vacina experimental contra ebola em grávidas e lactantes

0
  •  
  •  

Teste de vacina contra o ebola – Foto de OMS

Com informações da ONU

Especialistas da Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciaram que mulheres grávidas e lactantes poderão tomar a vacina experimental contra o ebola na República Democrática do Congo.

Desde agosto de 2018, o décimo surto que ocorreu no país registrou 853 casos da doença e 521 mortes. Pela nova medida, comunicada em 21 de fevereiro, crianças com menos de um ano de idade também deverão ser incluídas na vacinação devido “ao surto em curso e ao risco enfrentado pela população”.

A imunização com a vacina rVSV-Zebov-GP deverá ser limitada às áreas afetadas pelo surto e continuamente avaliada com base em informação sobre segurança e eficácia da vacina nesta população-alvo.


  •  
  •