Covid-19: Gana é o primeiro país a receber a vacina COVAX

0
  •  
  •  

Covax arriving in Ghana – Foto de UNICEF

Com informações doa OMS

Nesta quarta-feira (24), Gana tornou-se o primeiro país fora da Índia a receber doses de vacina COVID-19 enviadas através das instalações da COVAX. Este é um passo histórico em direção ao objetivo de assegurar uma distribuição equitativa de vacinas COVID-19 a nível mundial, naquela que será a maior operação de aquisição e fornecimento de vacinas da história. O país registrou mais de 80.700 infecções e 580 mortes.

“Não poremos fim à pandemia em lado nenhum a menos que a acabemos em todo o lado. Hoje é um primeiro passo importante para a realização da nossa visão comum da equidade das vacinas, mas é apenas o começo. Ainda temos muito trabalho a fazer com os governos e fabricantes para assegurar que a vacinação dos trabalhadores da saúde e dos idosos esteja em curso em todos os países nos primeiros 100 dias deste ano”, disse Tedros Adhanom Ghebreyesus, Diretor-Geral da OMS.

A COVAX enviou 600.000 doses da vacina AstraZeneca/ Oxford, do Instituto Serum da Índia (SII) para Gana como parte de um esforço sem precedentes para entregar, pelo menos, 2 bilhões de doses de vacinas COVID-19 para diferentes países até ao final de 2021.

A COVAX é co-gerida por Gavi, a Vaccine Alliance, a Organização Mundial de Saúde (OMS) e a Coalition for Epidemic Preparedness Innovations (CEPI), trabalhando em parceria com o UNICEF, bem como com o Banco Mundial, organizações da sociedade civil.

“A missão da COVAX é ajudar a pôr fim à fase aguda da pandemia o mais rapidamente possível, permitindo o acesso equitativo global às vacinas COVID-19. Durante as próximas semanas, a COVAX tem de entregar vacinas a todas as economias participantes para assegurar que os mais vulneráveis estejam protegidos, onde quer que vivam”, disse Seth Berkley, CEO da Gavi, a Vaccine Alliance.


  •  
  •