Agências da ONU receberão doações destinadas à República Centro-Africana

0

A coordenadora humanitária para o país Kaarina Immonen conversa com pessoas que esperam assistência alimentícia em um hospital da capital Bangui. Foto: PMA/Housainou TaalRio – O Fundo Central de Resposta de Emergência das Nações Unidas (CERF) anunciou na terça-feira que irá disponibilizar mais de 7,1 milhões de dólares em ajuda assistencial para a República Centro-Africana (RCA). Mais de 1 milhão de pessoas – entre elas mais de 500 mil crianças até cinco anos – devem ser auxiliadas com a medida.

– Nós vamos fornecer alimentos e assistência médica, acesso à água potável e saneamento, apoio psicossocial às vítimas de violência baseada no gênero, apoio à gestão de resíduos e de saúde reprodutiva – disse a coordenadora humanitária para o país, Kaarina Immonen, em um comunicado do Escritório das Nações Unidas de Coordenação de Assuntos Humanitários (OCHA).

O escritório ressaltou que mais financiamento é necessário, já que apenas 31% dos 139 milhões de dólares para a ajuda humanitária na RCA foi disponibilizado até agora.

O financiamento do CERF será destinado a algumas agências da ONU. O Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) deve reforçar os cuidados obstétricos e neonatais de emergência e prestar assistência às vítimas de violência sexual. A Organização Mundial da Saúde (OMS) vai cuidar de emergências médicas.

A Organização da ONU para a Alimentação e a Agricultura (FAO) vai prestar assistência à segurança alimentar às populações vulneráveis, enquanto a agência de refugiados da ONU (ACNUR) vai fornecer monitoramento e assistência de proteção aos deslocados internos. O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) prestará assistência de saúde e nutrição.

Estima-se que 206 mil pessoas estão deslocadas internamente, enquanto outras 49 mil fugiram, principalmente, para a República Democrática do Congo, Camarões e Chade. A República Centro-Africana também está abrigando cerca de 17 mil refugiados de países vizinhos.

Com informações da ONU