Documentário “Alberto da Costa e Silva – Filho da África” será exibido no Rio de Janeiro

0
  •  
  •  

 

Com informações da Academia Brasileira de Letras  

Aos 88 anos, o historiador, embaixador e Acadêmico Alberto da Costa e Silva recebe os produtores Stéphanie Malherbe e Ricardo Vilas para “abrir o livro de sua vida e trajetória”. Com a discrição do diplomata e o humor fino do poeta, Alberto da Costa e Silva fornece, neste filme, um depoimento sobre a importância da África no Brasil. “Alberto da Costa e Silva – Filho da África” terá sua primeira exibição pública no dia 6 de agosto, às 15h30, na Academia Brasileira de Letras, no Rio de Janeiro.

O Acadêmico Alberto da Costa e Silva é, reconhecidamente, no Brasil, o maior especialista em África, em razão de sua sede insaciável de procurar e entender as raízes do Brasil. Aos 14 anos, sendo um jovem branco e de classe média, tomou um choque ao ler Casa-Grande & Senzala, de Gilberto Freyre, descobrindo que nós, brasileiros, éramos negros. Mas, então, de onde viemos?” – perguntava-se, pois todos os escritos que encontrava traziam relatos mencionando negros já chegados ao Brasil, como se nascessem no próprio navio negreiro e não tivessem um passado, uma história ou uma cultura por trás de cada um. Era como se a África, de onde vinham, não existisse.

Leia mais: “A África apresenta grandes avanços”, diz Alberto da Costa e Silva 

Alberto vai pesquisar, sem descanso, a História das Áfricas, porque sem a África não existiria o Brasil, tornando-se, assim, um pioneiro no Brasil dos estudos africanos.

O evento contará com a participação do cineasta e Acadêmico Carlos Diegues, que coordena as ações de cinema na ABL. A Entrada é franca, limitada à capacidade do teatro. Visite o site!

Serviço: Academia Brasileira de Letras
Teatro R. Magalhães Jr.
Av. Presidente Wilson, 203 – 1º andar
Castelo – Rio de Janeiro – RJ


  •  
  •