África em Verso: “Resistência da mãe”

0

Huambo, Angola - Foto de Yolanda Sousa
Huambo, Angola – Foto de Yolanda Sousa

Por Mavenda Nuni yÁfrika
A deusa poderosa é a resistência
das tentações eurocêntricas.
Somos comunidades saqueadas, mas inspiradoras.
Somos muito além do terror e preconceito
criados pelos extermínios culturais encomendados.
Não quero falar de terrorismo, misérias nos territórios inventados.
Não quero falar das desgraças, mas de Ubuntu.
Vocês falam de amor e massacram os semelhantes.
Somos Ubuntu,
somos a resistência do Sankofa,
somos a própria terra que roubaram, maltrataram,
somos a própria terra esquecida e violentada,
somos a mesma natureza sagrada.
Não queremos clássico literário imposto,
temos clássicos de oralidade ancestral!
Nzambi é espiritual.
Sou um filho de uma cultura real,
Essa identidade incompreendida há tantos séculos.
Não me compreendem, mas eu existo.
Sou línguas africanas,
existo além dos livros sagrados,
das águas de Yemanjá e das kiandas.

 Mavenda Nuni yÁfrika, 2017


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here